Open here Open here
3 2016

Como viajar com o seu animal de estimação

Group of cats and dogs

Ao planejar uma viagem, muitos donos de animais de estimação enfrentam uma decisão difícil: deixar seu bichinho em casa ou levá-los para uma aventura. Viajantes que estão se preparando para uma viagem com seus companheiros de quatro patas precisam considerar diversos fatores para garantir que a experiência seja confortável e conveniente para todos. Por isso, o TripAdvisor selecionou algumas dicas valiosas dadas por usuários globais e donos de pets:

 

Primeiros passos

 

  • “Coloque um microchip no seu animal. Em alguns países, isso é obrigatório. Se eles se perderem, sua informação estará registrada no chip, então qualquer um que o encontrar poderá entrar em contato com você.” – SusieLou

 

  • “Se necessário, seu veterinário pode te ajudar com passaportes para animais, que incluem os dados do microchip. Eles são bastante acessíveis e demoram cerca de um mês para ficar prontos. Os veterinários também podem dar as vacinas necessárias para a viagem.” – osharp

 

  • “Em alguns países, seu pet também deve ser examinado por um veterinário local de 24 a 120 horas antes do seu voo de volta para administrar um vermífugo. O veterinário vai inserir essa informação no passaporte do animal. Não se esqueça de verificar com o seu veterinário se isso será necessário quando estiver planejando a viagem.” – KimCapeTown

 

Voando com seu pet…

 

Se seu animal é pequeno o suficiente para ser levado na cabine

 

  • “Eu usei uma bolsa de transporte mole aprovada pela companhia aérea e que se encaixa facilmente no banco à frente. Durante três semanas, eu colocava meu cachorro ali quando saíamos de carro, de forma que ele já estava acostumado quando chegou a hora do voo. A classe executiva também é uma boa ideia se você quer garantir que eles não ficarão apertados.” – Operettaman

 

  • “Certifique-se das restrições de peso para animais no site da companhia aérea. Esse número normalmente inclui o peso da bolsa de transporte também.” – mo32

 

  • Ligue para a companhia aérea antes de reservar as passagens para garantir que a aeronave usada para aquele voo tem lugar abaixo do assento para a mala com o seu animal. Em alguns aviões, há espaço apenas para as bolsas de transporte menores. Ligue novamente antes da viagem para verificar mais uma vez, já que as companhias aéreas substituem as aeronaves com frequência.” – watruw8ing4

 

Se o seu pet é muito grande para viajar na cabine

 

  • “Você precisará reservar espaço para seu animal de estimação quando comprar a passagem aérea, já que as companhias permitem um número limitado de pets no bagageiro. As vagas podem acabar, te obrigando a mudar de voo. Todos os custos, regras e formulários obrigatórios para isso podem ser encontrados nos sites das empresas aéreas.” – BLBL

 

Preparativos antes do voo

 

  • “Não se esqueça de reservar tempo suficiente para o check-in e embarque do seu pet para que ele tenha uma última chance de fazer xixi e se exercitar antes do voo. A maioria dos aeroportos tem espaços com gramado a cinco minutos do portão principal.” – CaptainKitty1

 

  • “Se você puder, peça a companhia aérea para fazer um pré-check-in com o centro de recepção de animais. Eles vão te avisar se tiver algum erro ou documento faltando, assim você tem tempo suficiente para corrigi-los antes do embarque. Além disso, seu check-in será mais rápido no dia da viagem!” – silargi

 

  • Para prevenir acidentes, não alimente ou dê água para seu animal antes de um voo longo. Durante o voo, se seus pets estiverem viajando na cabine, você pode dar um pouco de ração ou um cubo de gelo, conseguido com a aeromoça, pela abertura da bolsa de transporte. Eu ainda levaria algumas fraldas descartáveis, só para garantir.” – Mari L

 

  • Se o seu voo é particularmente longo, planeje uma escala maior. Estou organizando minha viagem por Phnom Penh-Bangcoc-Frankfurt-Nova York com uma parada de 7 horas em Frankfurt para eu possa deixar o aeroporto e levar minha cadela para dar uma volta, se exercitar, comer, fazer xixi etc.” – SawaSawa123

 

Viajando de carro com seu amigo peludo

 

  • “Faça paradas para descanso com frequência. Apesar de meu cão pequeno ter espaço para se mover no banco de trás, eu faço pausas programadas a cada uma ou duas horas para ele esticar as patas e fazer suas necessidades. Eu nunca planejo uma viagem de carro com pressa porque eu sei que ele vai precisar de tempo para esses intervalos. Isso deixa ele bem mais feliz quando chegamos ao nosso destino!” – Paredesesq

 

  • “É melhor deixar seus animais ficarem em um lugar que eles possam se aproximar de seus humanos, pegar um ventinho do ar condicionado e dormir. NUNCA deixe seu pet em um carro quente!” – tulikamukhopadhyay

 

  • “Quando eu viajo com meu gato e cachorro, nos pontos de parada eu costumo tirar o cachorro da caixa de transporte, colocar um tapete higiênico para gatos nela, transferir o gato para a caixa, deixar ele fazer suas necessidades e então reverter todo o processo. Esse pequeno malabarismo minimiza qualquer possível acidente!” – Analise83

 

Se hospedando em uma acomodação que aceita animais

 

  • “Lembre-se: quando escolher um hotel para ficar hospedado com seus pets, eles não podem ser deixados no quarto sozinho, com exceção de breves períodos de tempo e se eles estiverem presos e sem fazer barulho.” – Ksneds

 

  • “Alguns hotéis aceitam babás para animais que você pode contratar para tomar conta dos bichinhos no seu quarto. Esses profissionais dão água e comida e os levam para passeios por uma taxa. Se você preferir levá-los para conhecer os pontos turísticos, algumas atrações famosas são tão populares que é fácil de encontrar creches caninas por perto.” – makingrestorations

 

  • “Seja cauteloso quando acampar com seus cachorros. O cheiro deles pode atrair predadores. Definitivamente ligue antes para o parque para se certificar, já que os pets podem ser permitidos apenas em algumas áreas.” – kac2

 

Etiqueta animal no destino

 

  • “Com exceção de animais de serviço (como cães-guias), cada estabelecimento tem liberdade para aceitar ou não animais. Para restaurantes, a melhor política é perguntar logo ao entrar. Em geral, você não vai encontrar resistência contra um bicho comportado em cafés ou restaurantes, e a maioria deve permitir que você se sente na área externa. Alguns locais até trazem uma tigela de água!” – NYNM

 

  • “Se você está planejando visitar um parque nacional, seu cachorro precisará usar coleira. Cães não podem andar livremente em trilhas, estradas off-road ou próximo de rios.” – SusieLou

 

  • A maioria dos pets são permitidos no transporte público sem uma bolsa ou caixa para transporte. Porém, alguns locais exigem que seu animal use uma focinheira ou que você pague metade da tarifa para seu bichinho.” – Operettaman
Categories: Travelers' Choice

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *